sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

favelas cariocas em animação japonesa

Ao invés de mundos fantasiosos, favelas.
Os criadores da animação japonesa, 'Michiko e Hatchin', escolheram o Brasil como cenário para alguns espisódios do anime, que está rolando desde meados de 2008. A proposta da história é bem mais real do que estamos acostumados a ver nesse tipo de animação. Michiko Malandro [amei o sobrenome] é uma mulher que foge da prisão para resgatar Hatchin [você também pensou neste nome sem o 'H'?], uma garota que está sofrendo nas mãos dos pais adotivos. O cenário brasileiro conta com o Rio de Janeiro e uma viagem pela Amazônia. Creio que a gente não consiga exportar muito mais que isso. Contudo, parece ter resultado em um belo trabalho. A trilha também tem uma pitada brasuka, com produção de Kassin e músicas de Thalma de Freitas, Nina Becker, Bnegão, Wilson das Neves e Ritchie.
Sem previsão para estreiar no Brasil, é certo que você encontre algo na internet.
.
Brainstorm-se. Poste 01 ideia.
.
ideia e imagem: www.virgula.com.br

4 comentários:

Airton disse...

quem diria em heheheh

tem coisa nova no blog

bjo

PDV Ativo disse...

Interessante...sem falar que os animes são muito bons...belo post...abrazz....

Greta Poltronieri disse...

bom saber...vou pesquisar para ver se assinto.
Minha filha também adora e ficará feliz de saber que os compatriotas do naruto estiveram por aqui.

Gláucio disse...

Estou vendo o anime, é bem caracterizado, deixa umas coisas a desejar, como uma placa escrita "Bien Vindo" rsrs

Mas, fora isso, eu percebi muitas coisas relacionadas ao Brasil, as favelas foram bem representadas, até o dinheiro é bem parecido com a nossa moeda, mas por lá é chamado de "Arca", com direito as notas no valor de 20,00 e 50,00.

As placas são todas em bom português, em um determinado momento aparece uma quadro, em que um Padre foi condecorado, os dizeres são em portugûes legitimo, é até legal, você ver as palavras ali.

Pena que são apenas 10 episódios.

[ + ideias